Maia culpa Bolsonaro pelo fechamento da Ford e chefe da Secom não deixa barato

Patrícia Moraes Carvalho | 12/01/2021 | 10:29 AM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Desesperado …

A poucos dias de “entregar” o cargo, Rodrigo Maia tem usado a imprensa golpista para atacar diariamente o presidente Bolsonaro.

Após o anúncio do fechamento das fábricas da Ford no Brasil, Maia usou o twitter para declarar que a empresa americana fechou devido à “falta de credibilidade” do governo.

Fábio Wajngarten, chefe da Secretaria Especial de Comunicação (Secom), não deixou barato e disse que Maia busca holofotes e que a deliberação da marca não tem relação com a situação atual do país.

“A verdade dos fatos: a Ford mundial fechou fábricas no mundo porque vai focar sua produção em SUVs e picapes, mais rentáveis. Não tem nada a ver com a situação política, econômica e jurídica do Brasil. Quem falar o contrário mente e quer holofotes”, disparou o secretário de comunicação, também no Twitter

A decisão de encerrar a produção de veículos de passeio é global e foi tomada há dois anos. A Ford concluiu que reina absoluta na venda entre as picapes e utilitários. A “F-Series” é um fenômeno comercial e há vários anos emplaca a menor caminhonete da linha, a F-150, como o veículo mais vendido dos Estados Unidos.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.