Mais barraco na CCJ: “Tem um deputado armado aqui, tem um deputado armado, presidente”

Patrícia Moraes Carvalho | 09/04/2019 | 6:48 PM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Conforme dissemos em outras ocasiões, o PT já deveria ter sido extinto há tempos …

Felipe Francischini suspendeu a reunião da CCJ por cinco minutos depois do tumulto provocado pelas deputadas petistas Gleisi Hoffmann, Erika Kokay e Maria do Rosário. (vídeo abaixo)

Outros deputados que também fazem parte da oposição estão tentando obstruir a pauta e partiram pra cima do presidente da CCJ, Felipe Francischini.

A pauta de hoje é de extrema importância para o país, pois se trata da Reforma da Previdência … o PT quer, a todo custo, tumultuar e atrasar o andamento do parecer do relator.

Mais uma vez, o partido de Lula quer roubar a esperança de um Brasil melhor.

No vídeo abaixo, um dos deputados começa a berrar:

“Tem um deputado armado, tem um deputado armado, presidente”

O tal homem armado era Deputado DELEGADO Waldir, líder do PSL na Câmara e todos os presentes já haviam presenciado Waldir portando sua pistola outras vezes, portanto não era um fato novo.


O regimento interno da Câmara proíbe que deputados estejam armados:

“Art. 271. Excetuado aos membros da segurança, é proibido o porte de arma de qualquer espécie nos edifícios da Câmara e suas áreas adjacentes, constituindo infração disciplinar, além de contravenção, o desrespeito a esta proibição.

Parágrafo único. Incumbe ao Corregedor, ou Corregedor substituto, supervisionar a proibição do porte de arma, com poderes para mandar revistar e desarmar”




compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.