Mais uma vítima fatal do movimento ‘Black Lives Matter’


Jessica Whitaker (24 anos), uma americana moradora do estado de Indiana, mãe de um filho de três anos, foi morta após uma discussão com ativistas do grupo Black Lives Matter.

De acordo com relatos do companheiro da vítima, José Ramirez, o caso ocorreu no dia 5 de julho.

O grupo em que Jessica estava entrou em bate-boca com o grupo Black Lives Matter (BLM) por causa de ‘linguagem racial’.

Um integrante do BLM gritou “Vidas Negras Importam” e Jessica replicou que “Todas as Vidas Importam”, fato que acabou causando alvoroço e armas apontadas por ambos os grupos.

A situação acalmou e os grupos se dispersaram.

Porém, conta o marido de Jéssica, momentos depois, o grupo deles foi vítima de uma emboscada quando passava próximo a uma ponte.

No local, a turma do Black Lives Matter os esperava:

“Eles estavam sentados em St. Clair esperando a gente passar por debaixo da ponte … foi quando ela levou um tiro fatal. É difícil explicar para uma criança que a mãe dele está no céu e que se você quer falar com ela, precisa olhar para cima e dizer eu te amo mãe”, disse Ramirez.

A jovem de 24 anos levou um tiro na cabeça, informou a Fox News.


Seita comunista BLM é financiada por 18 empresas multimilionárias

Ele voltou. Soros anuncia investimento milionário para promover ‘anarquia generalizada’

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com