Marco Aurélio engrossa a lista de ministros que correm risco de impeachment

Amanda Nunes Brückner | 20/12/2018 | 1:24 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Os deputados federais eleitos Filipe Barros e Bia Kicis irão protocolar hoje (20) no Senado Federal um pedido de impeachment do ministro Marco Aurélio Mello.

Segundo os parlamentares, que são aliados de Bolsonaro, o ministro do Supremo teria agido de maneira “planejada” com o PT para permitir que Lula fosse solto.

“Nos causou estranheza que, somente 48 minutos após Marco Aurélio dar sua decisão, o PT já protocolou na Justiça Federal do Paraná o pedido para a soltura de Lula”, declarou Barros.


Outros ministros na mira do novo Senado

No início deste mês, o jurista Modesto Carvalhosa, um dos maiores especialistas no combate à corrupção do país, ingressou com um pedido de impeachment do ministro Ricardo Lewandowski por abuso de autoridade.

Gilmar Mendes é o ‘campeão’ de rejeição e acumula nove pedidos de impeachment (que estão parados na casa).

Somente em 2017, cinco petições foram protocoladas contra Gilmar … as outras quatro foram surgiram no decorrer deste ano.

Em julho de 2018, três advogados apresentaram um pedido de impeachment (crime de responsabilidade) contra o ministro Dias Toffoli (presidente do STF) sob acusação de haver favorecido o ex-ministro José Dirceu (chefe da Casa Civil no governo Lula) e o Banco Mercantil do Brasil.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.