Marido de jornalista que ‘hackeou’ Sérgio Moro já foi acusado de ‘terrorismo’ e ‘espionagem’

12/06/2019


*** Matéria da Revista Exame publicada em novembro de 2013 ***

Autoridades do Reino Unido disseram que David Miranda (casado com o jornalista Glenn Greenwald) estava envolvido com “terrorismo” e foi detido quando fazia uma escala no aeroporto de Londres.

David Miranda, que assumiu o mandato de deputado federal no lugar de Jean Wyllys, tentava transportar documentos do ex-agente de inteligência norte-americano Edward Snowden, informou a polícia britânica.

Miranda ficou detido durante 9 horas pelas autoridades e foi interrogado no aeroporto de Heathrow, quando chegou em Londres, vindo da Alemanha.

Depois de sua liberação, ele entrou com uma ação contra o governo britânico exigindo a devolução dos documentos apreendidos e uma revisão judicial da legalidade de sua detenção.


Leia também:

https://www.diariodobrasil.org/jornalista-americano-faz-novas-ameacas-a-moro/