MBL e PSOL querem impedir nomeação de novo diretor da PF

Amanda Nunes Brückner | 25/04/2020 | 3:25 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 

MBL e o PSOL tentam barrar a nomeação de Alexandre Ramagem, para o comando da Polícia Federal.

A CNN Brasil teve acesso ao documento elaborado pelo MBL, que trás o argumento de que, com base no princípio da moralidade, Jair Bolsonaro teve a intenção de utilizar o cargo para fins pessoais, o que culminou na exoneração do então diretor-geral da PF, Maurício Valeixo.

Kim Kataguiri declarou:

“Tudo indica que o governo está descambado para indicações com fins pessoais, e não com interesse público. Vamos ficar atentos ao Diário Oficial para, se necessário, ingressar com outras ações nesse sentido”

A outra ação, do PSOL, será assinada pelo deputado Marcelo Freixo (RJ).


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.