Médico descreve a pandemia em NY: “Inferno bíblico. Pior que os ataques de 11 de setembro”

Guilherme Santiago | 27/03/2020 | 10:19 AM | INTERNACIONAL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Médicos dos hospitais de Nova York estão descrevendo o surto de coronavírus como “inferno bíblico pior que o 11 de setembro.”

O Dr. Steve Kasspidis, do Mount Sinai Queens, em Astoria, disse à Sky News que a rotina diária de tratamento de pacientes infectados se tornou cada vez mais sombria:

“As pessoas entram, são entubadas, morrem, o ciclo se repete … o sistema está sobrecarregado em todo o lugar.”

“O 11 de setembro não foi nada comparado a isso … estávamos abertos esperando pacientes que nunca vieram, ok? Agora eles continuam chegando e não param.”

Um técnico de laboratório de 55 anos de idade, no Mount Sinai West, em Manhattan, que se recusou a dar seu nome, disse que “todo mundo está assustado” – e também comparou a pandemia aos ataques terroristas de 2001:

“É da natureza humana ter medo de algo … comecei minha carreira durante a epidemia de Aids e isso é muito pior. É o mesmo sentimento que tivemos após o 11 de setembro, o mesmo silêncio nas ruas. É como se a cidade que sofria de insônia finalmente adormecesse.”

“As pessoas estão assustadas e têm o direito de estar … o vírus está vivendo em todo lugar … alguém cospe na calçada, fica lá, fica no seu sapato, fica lá. 24 horas, às vezes 72 horas … não há como escapar disso, não em Nova York.”


assista o vídeo:

 


Casos confirmados nos EUA

(atualizado às 10h:39 – fuso Brasília)

infectados: 85.996

mortes: 1.294

taxa de mortalidade: 1,54%

casos por milhão: 264

recuperados: 1.898


 

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.