Menino, o cãozinho que perdeu o dono em um acidente automobilístico,dorme ao lado do carro há 10 meses

16/07/2016

Um cão que estava com seu dono no momento de um acidente de trânsito permanece no Detran de Campo Grande (MS) junto ao veículo

Há 10 meses, o cãozinho permanece nas dependências do Detran e dorme todos os dias no veículo do seu ex-dono

Ele agora foi apelidado de Menino.

Em setembro do último ano, uma colisão entre uma caminhonete Chevrolet e um Ford Belina levou a óbito o condutor do carro de passeio de 52 anos.

O dono do Ford Belina ficou preso às ferragens a não resistiu.

Os Bombeiros foram acionados e não perceberam a presença do cachorro no momento do resgate. O cãozinho permaneceu no veículo, que foi encaminhado para o pátio do Detran.

O cão, todo machucado, foi encontrado pelos servidores do órgão público. Eles o levaram a um veterinário para cuidar dos ferimentos.

O animalzinho era muito arisco e fugia de todo mundo. Provavelmente estava com medo e sentia falta de seu dono.

UMA NOVA AMIZADE

“Ele veio pequeno para cá e como eu o alimentei e dei carinho, ele acabou se afeiçoando a mim. Quando estou arrumando minhas coisas para ir embora, ele fica olhando com uma tristeza.”

Eia que surge o senhor David Guimarães dos Santos (56 anos), prestador de serviço. Ele não desistiu e, todos os dias quando chegava trabalhar, alimentava e colocava água para o cãozinho.

Após um mês, David ganhou a amizade e a confiança do cachorro, conquistando um companheiro para todas as horas. O cãozinho foi apelidado de “Menino”.

Desde então, é possível ver os dois amigos andando pelo pátio. Eles estão sempre juntos.

O sr. David relata que Menino o acompanha em todos os lugares e não atende o chamado de mais ninguém.

Na hora de encerrar o expediente, David conta com orgulho: “Falo para ele: Menino, fica aí cuidando’” e ele fica.

No outro dia, quando chego para trabalhar, “ele fica numa alegria sem fim”, disse David.

Ele ainda conta que não pode levar Menino para casa: 

“Já tenho dois cachorros e acho que eles não aceitariam mais um”

Apesar da triste história de superação, Menino aparenta ser um cão saudável, feliz e acima de tudo, leal.

fonte: Detran/MS