Mídia manipula os números da ‘praga’ para disseminar pânico entre a população

Guilherme Santiago | 01/01/2021 | 9:07 PM | DESTAQUES DB
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Há alguns meses, o jornal O Globo (e várias outras mídias porcas) publicaram uma matéria alegando que o número de infectados pelo vírus chinês poderia ser 15 vezes maior do que o divulgado pelo Ministério da Saúde.

Tal fato, de acordo com a matéria, seria decorrente de subnotificações, falta de testes, blá … blá … blá …

Disse o jornal:

“Número de infectados é quinze vezes maior, aponta estudo sobre coronavírus. Segundo uma nova análise de modelagem numérica da Covid-19 — apresentada pelo portal Covid-19 Brasil, que reúne cientistas e estudantes da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade de Brasília (UnB), entre outros centros de pesquisa do país, o número de infectados é mais de 15 vezes maior que o oficial.

De volta ao presente (Brasil 2021)

Na tarde de hoje, o número de mortes em decorrência da praga chinesa chegou a 195 mil.

A mídia fez o maior alarde em torno desse número, porém eles divulgaram que o número de infectados é de pouco mais de 7 milhões de pessoas.

Fazendo uma conta rápida, a taxa de letalidade do vírus ficaria em torno de 2,785%.

Mas … se levarmos em consideração a matéria da própria mídia marrom e multiplicarmos o número de infectados por 15 (conforme o estudo divulgado no 1º parágrafo), o número de infectados se aproximaria dos 105 milhões.

O que isso significa?

Significa que a taxa de letalidade do vírus seria de 0,185%

Deu pra entender a ‘pegadinha’ deles, caro internauta?

Quando o assunto é ‘mortes’, eles jogam os números lá pra cima … mas quando o assunto é ‘infectados’, eles jogam os número lá pra baixo, aumentando exponencialmente a taxa de letalidade do vírus e causando mais pânico entre a população.

É uma canalhice sem tamanho!

 

 

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.