Ministério da Economia limita compra de vacinas e kits entubação

24/04/2021

O Ministério da Saúde solicitou verba extra para a compra de mais vacinas contra a covid-19, medicamentos de intubação e para o custeio de leitos, porém teve de reduzir os pedidos após questionamentos da equipe de Paulo Guedes.

O ministro da Economia defende que mais informações sejam coletadas antes de liberar o crédito adicional e alega que a pandemia de coronavírus pode arrefecer a economia do país.

A pasta quer liberar o dinheiro à conta-gotas, em pequenas parcelas, de acordo com a necessidade e a evolução do vírus.

O valor liberado pelo governo para a Saúde foi de R$ 2,7 bilhões, bem abaixo dos R$ 15 bilhões que a pasta pediu, fazendo com que a expectativa de compra de kits de intubação caia pela metade.

Outros R$ 8,5 bilhões para a compra de mais vacinas também estão ‘travados’ no ministério da Economia.

O que diz o governo?

“Os recursos necessários para a aquisição de vacinas estão totalmente atendidos e não se confundem, nem direta nem indiretamente, com as verbas descritas para a Saúde no Orçamento”.

“Ressalte-se que não foram realizadas limitações na disponibilização de recursos para o Ministério da Saúde para fazer frente ao combate à pandemia”

 

0 0 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments