Ministério da Justiça contradiz Jean Wyllys: “Quem o ameaçou está preso desde 2018”

27/01/2019

Em um comunicado enviado para os companheiros do PSOL, Jean Wyllys disse que as ameaças que ele tem sofrido se intensificaram em 2017.

O documento afirma que a Polícia Federal e o Estado se calaram frente às denúncias.

Com a palavra, o gabinete do ministro Sérgio Moro

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (sob o comando de Sérgio Moro) emitiu hoje (16) uma nota informando que Marcelo Valle Siqueira Mello, pertencente a um grupo autointitulado ‘Homens Sanctos’, foi preso em 2018 pelas ameaças que cometeu contra o deputado Wyllys (PSOL).

A nota também lamenta a decisão de Jean em sair do Brasil, porém diz que acusação (feita pelo parlamentar) sobre omissão das autoridades constituídas “não correspondem à realidade”.

“O Ministério da Justiça a Polícia Federal instauraram vários inquéritos para apurar ofensas e ameaças contra Wyllys nos anos de 2017 e 2018.” diz a nota.

Algumas investigações ainda estão em andamento e outras foram encerradas … uma delas culminou na prisão de Marcelo Valle Siqueira Mello, citado acima.

Jean Wyllys deverá se refugiar … ou melhor, se mudar para a Espanha.