Ministro Marco Aurélio nega pedido de liberdade de Moreira Franco e Temer

Amanda Nunes Brückner | 22/03/2019 | 7:50 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O ministro Marco Aurélio (STF) negou (há pouco) o pedido de liberdade apresentado pelas defesas de Moreira Franco e Michel Temer, ambos presos ontem (22) pela Operação Lavo Jato.

A defesa de Moreira argumentou que o decreto de prisão do juiz federal Marcelo Bretas afrontou a decisão do STF de que cabe à Justiça Eleitoral julgar crimes comuns, quando correlatos a crimes eleitorais.

Trocando em miúdos … queriam ‘levar vantagem’ – usando a decisão do STF – e tentaram sair pela tangente usando o argumento de crime eleitoral … o famoso caixa 2.

Marco Aurélio foi enfático:

“O inquérito é subjetivo … possui balizas próprias considerados os envolvidos, circunstância a demonstrar a impropriedade da via eleita”, disse.

O ministro também argumentou que o pedido “pula etapas”, já que HC’s apresentados pelas defesas ainda serão analisados no Tribunal Regional Federal da 2ª Região, segunda instância.

Segundo o Ministério Público Federal, Moreira Franco era uma espécie de ‘gestor’ das supostas propinas recebidas pela organização criminosa que seria chefiada por Michel Temer.


 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.