Moraes ordena e twitter bloqueia perfis de direita

Amanda Nunes Brückner | 24/07/2020 | 5:01 PM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


A perseguição não tem fim…

Alvos do inquérito da fake news tiveram suas contas no Twitter “retidas” nesta sexta-feira, dia 24, após determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

Entre os conservadores que tiveram seus perfis suspensos estão o presidente do PTB, Roberto Jefferson, os empresários Luciano Hang, Edgard Corona, Otávio Fakhoury, além dos jornalistas Bernardo Küster, Allan dos Santos.

Em nota, o Twitter disse que “agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)”.

Segundo a TV Globo, os advogados dos investigados irão recorrer da decisão.

Até onde irá este inquérito? E qual o limite de Alexandre de Moraes?

A decisão, que foi tomada dois meses atrás, veio a ser cumprida, nesta sexta-feira (24), pelas redes sociais TwitterFacebook Instagram, que suspenderam os perfis de 17 pessoas.

Quem tenta acessar os perfis utilizando a versão brasileira da rede social Twitter recebe uma mensagem informando que as contas foram bloqueadas por por decisão da Justiça do Brasil.

A decisão, aparentemente, não se estende para outras versões da plataforma digital.

Uma rápida alteração nas configurações do Twitter permite que você acesse os perfis suspensos.

Confira o passo-a-passo para versão desktop:

Acesse configurações e privacidade;

Altere o país pra qualquer outro que não seja o Brasil;

Pronto.

Passo-a-passo para versão mobile:

Vá em Conta e Privacidade;

Clique em Conta;

Depois em Dados e Permissões;

Mude sua localização para os EUA.


(via Jornal da Cidade online)

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.