Não existe almoço grátis: Pai de jornalista da Folha/SP recebeu R$ 1,59 milhão da Odebrecht

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, relembrou, através de suas redes sociais, que o pai da jornalista da Folha/SP, Patrícia Campos Mello, recebeu dinheiro da construtora Odebrecht .

Patrícia é responsável por uma matéria que, em plena corrida eleitoral, sugeriu que empresários brasileiros estariam pagando por campanhas contra o PT através de disparos via whatsapp.

A jornalista é filha de Hélio Campos Mello, antigo dono da revista “Brasileiros”, que recebeu do empresário Marcelo Odebrecht, a pedido do ex-ministro Guido Mantega.

De acordo com a delação do próprio Marcelo Odebrecht, Guido Mantega pediu para que ele apoiasse a revista, pois esta trabalhava em prol do governo petista.

Marcelo confirmou repassou um total de R$ 1,599 milhões à revista do pai da jornalista da Folha.

“Na época que ele [Mantega] me pediu isso, eu comentei com ele: eu não conheço essa revista, a gente não tem interesse. Se você quer, tudo bem. Mas vou descontar do crédito que tenho com você”, declarou o empresário em depoimento.

Na ocasião, a revista confirmou que recebia ‘patrocínio’ da Odebrecht desde 2007, mas negou que os recursos tivessem origem ilegal.


Pai da “jornalista” da Folha de SP recebeu 1,59 milhão Odebrecht


publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com