Não se mexe com a esposa de um homem. A família é sagrada

Amanda Nunes Brückner | 02/03/2020 | 4:02 PM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Na máfia, um dos códigos de honra é NÃO MEXER COM AS FAMÍLIAS

Os mafiosos, entre si, podem se estripar. Se um tiver que ser morto, provavelmente será pelas mãos do seu melhor amigo. Mas AS FAMÍLIAS SÃO SAGRADAS.

Jamais usam a esposa de um homem para atingi-lo. JAMAIS!

Eis, então, que abro a internet, hoje, e deparo com um factoide nojento, criado por uma revista que teoricamente deveria oferecer jornalismo sério, atacando a dignidade da Primeira Dama, para atingir o Presidente.

Honestamente, principalmente sabendo de seu sangue italiano, me espanta a tolerância de Bolsonaro.

Este que a mesma imprensa chama de fascista, machista e totalitário, mas reconhece sua permissividade e mansidão, ao publicar uma matéria tão vergonhosa, com a certeza de que não haverá retaliação.

Não tenho a menor ideia se, um dia, seguirei ou não pela vida pública. Mas, caso positivo, se um editorzinho de meia pataca utilizasse da imagem da minha esposa e atacasse-lhe a dignidade, na tentativa de me expor, juro que o visitaria, com um taco de beisebol ou uma boa barra de ferro, e daria-lhe uma manchete bem mais interessante para publicar.

Só garanto que não lhe sobraria um dedo inteiro para escrever a notícia.

NÃO SE MEXE COM A ESPOSA DE UM HOMEM!

Vivemos, no Brasil, uma situação tão abominável, que até o crime organizado de outros lugares tem mais decência do que a nossa imprensa.

“É bem mais seguro ser temido do que amado.”
(MAQUIAVEL, Nicolau)


(texto de Felipe Fiamenghi via rede social)


imagem: Michele, Jair Bolsonaro e Osmar Terra

Colunista insinua que Michelle está traindo Bolsonaro com o ex-ministro Osmar Terra

O jornalista Germano Oliveira tem 63 anos de idade e 48 anos de profissão.

Trabalhou por 20 anos no jornal O Globo e atualmente exerce o cargo de diretor de redação da Revista IstoÉ.

É ele o autor da nota medíocre e difamatória contra a reputação da primeira-dama Michelle Bolsonaro.


Osmar reage e manda resposta à mídia podre

O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) negou neste domingo (1º) o suposto caso extraconjugal com a primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Em uma nota publicada no Twitter, o ex-ministro declarou:

“A matilha se superou, também me agredindo e aquilo que tenho de mais sagrado: a minha família e a minha integridade moral. É o lixo da esgotosfera nas redes e em setores da imprensa. Não conseguirão nos constranger”.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.