Nora de Lula era funcionária fantasma do SESI

13/06/2018

Família unida até para lesar a pátria …

Nove ministros do TCU (Tribunal de Contas da União) decretaram Marlene da Silva (nora de Lula) como culpada pela acusação de ser funcionária fantasma do SESI em 2013.

A cidadã, que é casada com Sandro Luís Lula da Silva, terá que pagar multas no valor total de 213.000 ao Sesi […] desse valor, 173.000 serão divididos entre ela e o ex-presidente da instituição, Jair Meneguelli, também condenado.

Os R$ 40.000 restantes são de uma multa individual aplicada a Marlene, que tinha um salário de mais de R$ 11.000.00 e raramente aparecia no trabalho.

Acusada de ser funcionária fantasma do Sesi e receber sem trabalhar, ela não conseguiu comprovar a relação trabalhista:

“… nesse sentido, se os empregados realizassem de fato as atividades mencionadas, haveria documentação demonstrando a participação deles em tarefas, tais como, ata de reunião, participação de eventos, e-mail tratando de assuntos relacionados à entidade”, escreveu no acórdão o relator do caso, ministro Marcos Sherman.

Os ministros também determinaram que seja aberto um processo para analisar todo o período em que Marlene Lula da Silva esteve na folha de pagamento do Sesi, de 2007 a 2015 […] as penas ainda podem ser aumentadas.