Num único condado, ‘erro’ de software transformou 6 mil votos de Trump em 6 mil votos de Biden

Republicanos do Michigan disseram que estão expandindo sua investigação sobre os Sistemas de Votação do Dominion Voting Systems depois que um erro de contagem em um condado do Michigan mudou os votos dos republicanos (Trump) para os democratas (Biden) na semana passada.

“Nossa equipe está atualmente se comunicando com os funcionários do condado em todo o Michigan e analisando os resultados das eleições em cada um dos condados que usam este software para ver o quão difundido esse erro pode ser”

disse Tony Zammit, diretor de comunicações do Partido Republicano de Michigan, ao Washington Examiner no sábado.

A presidente do Partido Republicano do Michigan, Laura Cox, disse em entrevista coletiva na semana passada que 47 condados de Michigan usaram o software Dominion Voting Systems da mesma forma que o condado de Antrim, onde se apurou que 6.000 votos foram tabulados erroneamente para o candidato democrata Joe Biden no lugar do presidente Donald Trump.

“No condado de Antrim, as cédulas que eram para os republicanos foram computadas para os democratas, causando uma mudança de 6.000 votos contra nossos candidatos. O secretário do condado se apresentou e disse que o software de tabulação falhou e causou um erro de cálculo na votação”.

Cox acrescentou que o Partido Republicano do estado descobriu que 47 dos 83 condados usam o mesmo software.

“O condado de Antrim teve que contar manualmente todas as cédulas “e esses condados que usam este software devem examinar de perto seus resultados para discrepâncias semelhantes”.

Em uma declaração à mídia, a secretária de Estado de Michigan, Jocelyn Benson, uma democrata, respondeu ao erro de reversão de votos e tentou contestar as alegações de Cox:

O software Dominion Voting Systems também foi usado em vários outros estados.

 

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com