Número de mortos sobe para 58. Presidente da empresa dizia que barragens eram ‘impecáveis’

27/01/2019

Em nota, o governo de Minas Gerais informou que o número de mortos encontrados em Brumadinho chegou a 58 … número de desaparecidos também subiu para 305, de acordo com a Vale S.A.

A Revista Época relembrou uma frase dita pelo presidente da Vale, Fábio Schvartsman, dizendo que as barragens da empresa eram ‘impecáveis’.

“Logo que comecei na presidência, pensei como era o estado das barragens. Se houvesse outro acidente como o de Mariana, minha gestão seria curta”

A declaração foi feita em abril de 2018 ao jornal Valor Econômico, logo após um evento do Itaú em São Paulo.