O dia que Bolsonaro ‘carcou o fumo’ em Sérgio Moro

Mensagens foram encontradas pela PF durante perícia no celular de Moro

Doze dias antes de Moro pedir demissão, o presidente Bolsonaro enviou uma mensagem (para Moro) que se referia a uma reportagem veiculada no jornal “Valor Econômico” mostrando que, ao contrário da Advocacia-Geral da União (AGU), Moro entendia que a polícia poderia prender pessoas que descumprissem o isolamento no combate ao coronavírus.

Se esta matéria for verdadeira: Todos os ministros, caso queira contrariar o PR, pode fazê-lo, mas tenha dignidade para se demitir, escreveu Bolsonaro ao seu então ministro da Justiça.

Em resposta, Moro afirmou que não conversou com a imprensa a respeito do assunto, mas disse que a legislação permitia que a prisão ocorresse.

“O que existe eh o art 268 do CP. Não falei com imprensa”, respondeu o então ministro.

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com