E até ontem era teoria da conspiração: “Obrigou todos a receberem certa marca na mão direita ou na testa”


Opinião …

(Rodrigo Miceli – escritor)

Já foi cogitada a ideia de um “passaporte de imunidade” … pessoas só poderão viajar se apresentarem imunidade contra o novo Coronavírus.

E aí entra um outro elemento, um tal de “certificado digital”.

Um dispositivo registrará todo o histórico de vacinas do sujeito, indicando se ele está apto a circular ou não (segundo Bill Gates, a vacinação terá que ser periódica, provavelmente todo ano).

Futuramente, este dispositivo não será usado apenas para “rastreamento sanitário”, mas começará a acumular funções (já existem muitas empresas que usam o dispositivo de identificação para evitar funcionários fantasmas e outras “fraudes de identidade”).

Com o fim do dinheiro em espécie (outro projeto em andamento), o dispositivo será o nosso cartão de débito e crédito.

Toda nossa vida, num futuro próximo, estará resumida a este dispositivo.

Muitas pessoas veem nisso praticidade, comodidade, maior segurança, etc.

Mas pensem: nossos Direitos à privacidade, a ir e vir, a comprar e vender, a trabalhar, a ter acesso a serviços de saúde … tudo estará condicionado a este dispositivo.

Se todo este aparato estiver em poder de um regime totalitário e corrupto (como existem muitos por aí), o controle que ele terá sobre as pessoas será TOTAL.

Basta você ser considerado um “mau cidadão” ou um “disseminador de notícias falsas” para ter todas as funções da sua vida paralisadas num piscar de olhos.

Não pode mais viajar, não pode mais comprar, não pode mais trabalhar.

Isto já acontece em algum grau na China Comunista com o tal de “crédito social”, onde o Partido Comunista Chinês monitora ferrenhamente cada movimento de seus cidadãos, distribuindo créditos sociais de acordo com a fidelidade ao Partido (ser um bom ou mau cidadão no Comunismo não tem nada a ver com valores morais e cívicos, mas com fidelidade cega à causa Comunista)

Enfim, está tudo desenhado, arquitetado.

Quem não engoliu a proposta de implantar um dispositivo por comodidade, o fará por medo e histeria.

“Questões sanitárias pela crise do COVID-19” será o pretexto.

Depois, com o dispositivo já implantado, eles começarão a concentrar todos os aspectos da vida humana nele.

Todos vão aceitar. Se não esta geração, a próxima.

Eles não têm pressa.

Moram em casas luxuosas e tem bilhões de dólares na conta.


(Rodrigo Miceli – escritor)


Mateus 24:10

Então, também, muitos tropeçarão, e trairão uns aos outros, e odiarão uns aos outros.

Timóteo 3:2, 3

Pois os homens só amarão a si mesmos, amarão o dinheiro, serão presunçosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, desleais, 3 desnaturados, não estarão dispostos a acordos, serão caluniadores, sem autodomínio, ferozes, sem amor ao que é bom,

Lucas 21:11

“Haverá . . . epidemias em vários lugares.”

Haverá grandes terremotos e, num lugar após outro, falta de alimentos e pestilências; a as pessoas verão coisas atemorizantes e grandes sinais do céu.

Apocalipse 13:16-18

16 E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na mão direita ou na testa

17 para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.

18 Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, porque é número de homem; e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.

 

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com