Caso queira nos ajudar diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

OMS: “Vacina não garante erradicação”

Na última coletiva de imprensa do ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que o vírus chinês “não é necessariamente grande” e que há uma chance real de uma outra pandemia mais grave se espalhar através do mundo.

“A próxima pandemia pode ser mais severa”, disse o Dr. Mike Ryan, chefe do Programa de Emergências da OMS , acrescentando que precisamos “nos recompor”, porque vivemos em um planeta frágil e em uma sociedade cada vez mais complexa. “Vamos homenagear aqueles que perdemos melhorando o que fazemos”.

A líder técnica da OMS no COVID-19 , Dra. Maria van Kerkhove, observou que alguns dos países que lidaram melhor com o COVID-19 não foram necessariamente aqueles com as rendas mais altas, mas aqueles que passaram por outros surtos de doenças infecciosas.

Esses países, disse ela, usaram a “memória muscular” de eventos traumáticos para colocar seus sistemas em funcionamento e agir para combater o vírus de forma abrangente.

O Dr. van Kerkhove juntou-se ao Dr. Ryan no apelo para que o mundo esteja melhor preparado para a próxima crise de saúde, com profissionais de saúde bem treinados e capazes de tirar o máximo proveito da tecnologia inovadora e cidadãos informados e engajados capazes de se manterem seguros.

Conviver com o vírus

No entanto, as autoridades alertaram que pode ser prematuro imaginar um mundo em que o COVID-19 tenha sido erradicado.

As sociedades fariam melhor em se concentrar em voltar à força total ao invés de se concentrar no “momento da erradicação”, concluiu o oficial sênior da OMS.

O orador convidado, Professor David Heymann, um especialista em doenças e membro de uma “equipe de emergência” da OMS implantada para fortalecer a resposta do COVID-19 na África do Sul no início deste ano, disse que agora temos as ferramentas à nossa disposição para salvar vidas, o que nos permite aprender a conviver com o vírus.

Dr. Ryan concordou que COVID-19 provavelmente se tornará endêmico na população global.

As vacinas, explicou ele, não garantem que as doenças infecciosas serão erradicadas.


 

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com