Pfizer anuncia que vacina experimental alcançou 90% de sucesso

Dados são da 1ª análise preliminar divulgada sobre a última fase de testes da vacina experimental

A farmacêutica americana Pfizer divulgou hoje (9) novos resultados da última fase de testes de sua vacina contra o coronavírus, desenvolvida em parceria com a alemã BioNTech.

De acordo com a companhia, a vacina se mostrou 90% eficaz em participantes que não tiveram infecções pela covid-19 após uma semana da administração da segunda dose necessária da imunização.

A análise avaliou que 94 dos 43.538 voluntários que participam dos testes foram infectados pela doença.

A expectativa da Pfizer é pedir uma aprovação emergencial ao FDA (Food and Drug Administration) até o final deste mês.

Executivos da companhia declararam que é possível que a imunização fique disponível até o final de 2020.

Albert Bourla, presidente da Pfizer, explicou que poderá fornecer cerca de 40 milhões de doses nos EUA se os testes clínicos da fase 3 continuarem “conforme o esperado” e se os órgãos reguladores aprovarem o uso emergencial da vacina.


Sinovac também apresenta altos índices de imunização

Segundo a Bloomberg, mais de 90% das pessoas que receberam doses da vacina produziram anticorpos contra a covid-19 num intervalo de 14 dias.

Efeitos colaterais que coloquem em risco o prosseguimento do testes da vacina Coronavac não foram observados.

O Sinovac é o mesmo laboratório que fechou parceria com o governo de São Paulo para uma fase de testes com 9.000 pessoas.

 

 

 

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com