PGR: PT embolsou R$ 1,48 bilhão em propinas sob o comando de Gleisi, Lula, Palocci e PB

Amanda Nunes Brückner | 01/11/2018 | 12:00 AM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Na denúncia de Raquel Dodge contra Lula, Palocci, Gleisi Hoffmann e o marido Paulo Bernardo, a PGR destacou que há “prova de materialidade e indícios suficientes” de que o Partido dos Trabalhadores angariou ao menos R$ 1,48 bilhão em propinas.

O documento relata que os 4 (Lula, Gleisi, PB, Palocci) “concertaram ações criminosas para a arrecadação de valores ilícitos por meio da lesão ao patrimônio e à moral administrativa de diversos entes e órgãos públicos, tais como Petrobras, BNDES e Ministério do Planejamento resultando no recebimento de R$ 1.485.292.651 (Hum bilhão quatrocentos e oitenta e cinco milhões …) a título de propina”.

Gleisi e o marido “assumiram protagonismo” no esquema criminoso […] a presidenta do PT “foi uma das maiores beneficiadas” dos desvios na Petrobras e BNDES […] tudo com a parceria da Odebrecht e J&F.

Quando a caixa preta do BNDES for aberta, não sobrará um petista para contar história!



Leia também:

Dodge pega Gleisi de ‘calças curtas’ e pede que inquérito contra deputada vá para Curitiba

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.