Polícia Federal pede quebra de sigilo telefônico de Temer, Padilha e Moreira Franco

Guilherme Santiago | 06/06/2018 | 6:13 PM | GOVERNO
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A PF solicitou hoje (06) a quebra do sigilo telefônico do presidente Temer, de Eliseu Padilha (Ministro da Casa Civil) e também de Moreira Franco (Ministro das Minas e Energia), referente ao ano de 2014.

O documento foi encaminhado ao STF.

Michel Temer já teve os sigilos bancário e fiscal quebrados por ordem do ministro do Luís Roberto Barroso, no inquérito que apura um suposto recebimento de propinas no Porto de Santos.

A investigação (que está em andamento) apura um pagamento de R$ 10 milhões que teria sido acertado com a Odebrecht durante um jantar realizado no Palácio do Jaburu, residência oficial do então vice-presidente, em 2014.

Segundo apurações, parte das entregas (leia-se propinas) foram feitas no escritório do advogado José Yunes, amigão de Temer.

O objetivo do pedido da Polícia Federal é rastrear as conversas entre o presidente e os dois ministros, feitas naquele ano.

Cláudio Mello Filho, ex-executivo da Odebrecht e delator, disse ter participado de um jantar com Eliseu Padilha, Marcelo Odebrecht e Michel Temer para acertar o repasse dos tais R$ 10 milhões para o PMDB.

Parte dessa propina teria sido captada por Eliseu Padilha e o restante do dinheiro usado na campanha de Paulo Skaf ao governo de SP.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.