Prefeito venezuelano foge para o Brasil após denunciar massacre ordenado por Maduro

25/02/2019

O prefeito da cidade de Santa Elena do Uairén, fronteira com o município de Pacaraima (Roraima), decidiu deixar a Venezuela.

Emilio González disse que teve que fugir para o Brasil pela mata fechada após denunciar os mais de 30 mortos e dezenas de feridos pelos milicianos e militares da ditadura de Nicolás Maduro.

Maduro ordenou aos capangas da GNB (Guarda Bolivariana) que o prefeito fosse executado.