Problema do Zé não é o Bolsonaro … é ‘birra de periquita’

Amanda Nunes Brückner | 04/02/2020 | 3:40 PM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Uma frase polêmica do ator petista José de Abreu está dando o que falar na internet:

“Vagina não transforma fascista em ser humano”

A frase foi uma indireta (…ops…uma direta…) para a atriz Regina Duarte, que aceitou o convite do presidente Bolsonaro para assumir a Secretaria de Cultura.

Além disso, foi um insulto generalizado a todas as mulheres.

Zé, que em 2016 protagonizou uma baixaria – em um restaurante – ao cuspir na cara de uma mulher, parece que tem problemas mal resolvidos com o sexo oposto.

Em 2013, o ator usou o twitter para se declarar bissexual … pouco tempo depois, ele postou uma nova mensagem … desta vez, para dizer que não era ‘bi’ e sim ‘polissexual’.

“Eu sou bissexual e daí? Posso escolher quem eu beijo? Quando quero beijar uma pessoa não peço atestado de preferência sexual, só depende dela querer. Não posso obrigá-la a me beijar. Pouquíssimos gays se atreveriam a fazer que eu fiz em 1975: Viver com minha mulher [na época, a professora Nara Keiserman] e dois filhos [de 2 e 3 anos] e com um casal gay que viviam maritalmente durante dois anos

“Tem dias que prefiro homens, tem dias que prefiro mulheres.Tenho que mudar? Eu sou assim, ué. Tenho que ser igual aos outros?” 

Já em 2014, José de Abreu voltou atrás e disse que tudo não passou de uma provocação, de uma forma de discutir o assunto.

O que podemos supor sobre essas indas e vindas do Zé mortadela?

É simples … a birra dele não é com supostos ‘fascistas’ ou com os eleitores do Bolsonaro e sim com as vaginas.

deve estar sofrendo de ‘vaginofobia’ ou ‘periquitafobia … ao menos é o que parece!

 


 

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.