Programa de treinamento da Coca-Cola pede para colaboradores serem ‘menos brancos’

22/02/2021

Uma das marcas corporativas mais famosas do mundo respondeu o questionamento de milhares de internautas que acusam a empresa de “forçar seus trabalhadores a serem menos brancos”.

Karlyn Borysenko, que se autointitula como uma “ex-democrata” e “ativista de plantão”, postou um tuíte na sexta-feira (que se tornou viral) chamando a atenção do público para o programa de treinamento da multinacional.

“A Coca-Cola está forçando os funcionários a concluírem o treinamento online dizendo-lhes para tentarem ser menos brancos.”

O tuíte foi acompanhado por capturas de tela da sessão de treinamento, incluindo uma parte intitulada “Entendendo o que significa ser branco, desafiando o que significa ser racista ”

Borysenko disse que as capturas de tela eram “de um denunciante interno”.

Mais tarde, naquele mesmo dia, a Coca-Cola respondeu explicando que o treinamento está  “disponível publicamente” no Linkedln:

“Nosso currículo de aprendizagem global Better Together faz parte de um plano de aprendizagem para ajudar a construir um local de trabalho inclusivo”

 

 

0 0 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments