Se as pessoas vissem o horror do procedimento do aborto, ficariam escandalizadas

(Rodrigo Miceli – escritor)

Qualquer cinco minutos de vídeo a respeito, deixam nossos estômagos embrulhados.

Para muitos que concordam, aborto é apenas uma palavra, sem nenhum referente no mundo real.

É um “Direito” – dizem -, e portanto deve ser boa coisa.

Mas de fato nunca viram um; nunca testemunharam o bebê no ventre da mãe sendo dilacerado.

No fim, é como Cristo dizia: “Não sabem o que fazem”, não sabem o que defendem, não sabem o que repetem – pura ignorância.

É claro que existem os psicopatas, a quem falta o leite da bondade humana, mas a maioria simplesmente repete o que foi lhe dado a dizer, imaginando ingenuamente tratar-se de um procedimento simples e inofensivo, quando na verdade mais se assemelha a uma carnificina (a depender do estágio) … um “Direito”, uma “Escolha”, parece bom.

Mas vejam o que “Aborto” significa, na Realidade.

Nota: Se você se comove com documentários de uma vaca indo para o matadouro, mas não se comove com um bebê indo para o matadouro, você tem sérios problemas de empatia com a própria espécie e provavelmente consigo mesmo. Muitas vezes o ódio aos outros é apenas uma extensão do ódio a si mesmo.

 


 

publicidade