“Se os bolsonaristas avançarem, o STF usará os instrumentos necessários”

Dias Toffoli, presidente do STF, chamou o general Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) para um jantar na sua casa, no último fim de semana.

De acordo com a revista antipatriótica Veja, Toffoli teria ‘mandado a real’ para o general e declarado que “se os ataques bolsonaristas [às instituições] continuarem avançando, o STF tem instrumentos para lidar com a situação e vai usá-los.”

Toffoli deixou claro que sofreu pressões dos colegas do STF para “bater forte em Bolsonaro no episódio da convocação para as manifestações do dia 15.”

Em nome da ‘suposta’ harmonia entre os poderes, o presidente do STF divulgou uma nota moderada — mas foi a última vez.


 

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com