STF gastará mais de R$ 33 milhões com escolta armada

Amanda Nunes Brückner | 07/06/2018 | 3:15 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Vale ressaltar que a maioria dos Ministros do STF defende que a população brasileira não tenha direito ao porte de arma

LICITAÇÃO 1 – ENCERRADA

Em novembro de 2017, o STF abriu licitação para contratar um serviço de segurança armada pelo período de 30 meses – local Distrito Federal.

Cerca de 85 profissionais foram disponibilizados pela empresa vencedora.

O gasto no contrato de 30 meses custará aos cofres públicos algo em torno de R$ 30,41 milhões.


LICITAÇÃO 2 – ABERTA

O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu uma licitação com o objetivo de contratar segurança armada para ministros que estejam no Rio de Janeiro.

Serão quatro seguranças contratados, de acordo com o edital. A Corte prevê gastar até R$ 1,25 milhão com a despesa no intervalo de 30 meses.


LICITAÇÃO 3 – ABERTA

O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu uma licitação com o objetivo de contratar segurança armada para ministros que estejam no Paraná.

Serão sete seguranças contratados, de acordo com o edital. A Corte prevê gastar até R$ 1,61 milhão com a despesa no intervalo de 30 meses.


 

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.