“Todo mundo tem o direito de desejar o fechamento do Congresso, do STF e do que mais quiser”

Amanda Nunes Brückner | 18/06/2020 | 1:58 AM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O jornalista e diretor do Estadão, Fernão Lara Mesquita, publicou um artigo criticando as últimas ações do STF.

Com o titulo “Será que vai ter golpe?”, o editorial tem seguinte a frase no subtítulo:

Sem o referendo do povo, uma Constituição não passa de mais uma ‘verdade revelada’.

De acordo com Mesquita,

Todo mundo tem o direito de desejar o fechamento do Congresso, do Supremo e do que mais quiser e de expressar esse desejo.

Para ele, agir com o uso de força é algo expressamente proibido:

O STF agir contra essas pessoas, isso sim, está expressamente proibido por lei.

Quando ele (STF) passa a agir sem provocação, o estado de direito é literalmente aniquilado.

O jornalista ainda destaca que:

… cada ministro ‘ofendido’ por um ‘pecador em palavras’ está autorizado a agir para ‘fazer justiça’ com as próprias mãos sucessivamente como polícia, como promotor e como juiz da própria causa.

Para finalizar, ele questiona:

De que outra ditadura têm medo, então, os nossos alarmados defensores do ‘estado democrático de direito’?

As palavras acima vieram de um veículo de comunicação considerado um dos maiores e mais tradicionais do país.

Vamos ver se o ‘ministro xerife’ vai ter peito e mandar a PF invadir a sede do Estadão pelo ‘crime de opinião’.

 


(Matéria completa no Estadão)

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.