Toffoli decide: “Lula não dará entrevista até que o plenário tome uma decisão”

Amanda Nunes Brückner | 01/10/2018 | 9:57 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Dias Toffoli bem que tentou ser amigável com seu companheiro Ricardo Lewandowski, que reagiu ficando vermelho e ameaçando contar ‘os desvios de poder’ que tomaram conta da Suprema Corte, caso a votação desse caso (a entrevista de Lula) fosse para o plenário da Corte.

Já que Lewandowski não quis fazer as pazes, Toffoli chamou a responsabilidade para si e decidiu decidiu manter a liminar concedida por Luiz Fux, que proíbe o presidiário de dar entrevista para a Folha.

“Diante da solicitação, a fim de dirimir a dúvida no cumprimento da determinação desta Corte, cumpra-se, em toda a sua extensão, a decisão liminar proferida em 28/9/18 pelo vice-presidente da Corte, Luiz Fux, no exercício da Presidência, nos termos regimentais, até posterior decisão do Plenário.”

E agora? Será que Lewandowski vai jogar titica no ventilador e contar as ‘tretas de poder’ que ocorrem no STF?

Conta sim  Lewandowski … pelo menos uma!


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.