Tragédia anunciada? Amazonas desativou 85% dos leitos de UTI para tratamento da Covid

Amanda Nunes Brückner | 15/01/2021 | 5:56 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Cerca de 85% dos leitos de UTI do estado do Amazonas, criados especificamente p/ o Covid entre fevereiro e julho de 2020, foram desativados.

As informações são do Instituto Votorantim, que fez um levantamento com base em informações da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas.

No dia 12 de janeiro, Manaus (capital do estado) tinha 58 pessoas à espera de leitos de UTI.

Na tarde de ontem (14), a fila aumentou para mais de 500 pacientes.

O responsável pelo levantamento realizado pelo instituto Votorantim explicou que manter leitos inativos tem um custo alto aos cofres públicos e que a desativação provavelmente aconteceu devido à queda na demanda.

A situação se agravou tanto que cerca de 700 pacientes devem ser transferidos para outros estados.

Outros cem pacientes devem ser transferidos para a rede estadual de Goiás através de aviões da FAB.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.