Urgente: Butantan desiste de pedir uso emergencial da Coronavac

07/01/2021

O Instituto Butantan desistiu de pedir o uso emergencial da Coronavac por ainda falta de dados mais claros a eficácia da vacina do laboratório chinês Sinovac, informou a CNN.

As informações são de técnicos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que participam das reuniões com os laboratórios brasileiros nesta semana, e confirmadas por nota da própria agência.

Um dos técnicos explicou que a eficácia é calculada de forma global, e não dividida entre casos graves e leves, como apresentado em coletiva de imprensa do governo do estado de São Paulo nesta quinta-feira.

O Butantan não apresentou a eficácia global, esperada pela agência reguladora, e ainda espera mais dados do laboratório chinês.

A entrada com o pedido de uso emergencial não traria uma resposta positiva.

Quando houver a formalização, a Anvisa tem até 10 dias corridos para se manifestar assim que a submissão for feita.

“Por estratégia própria do Butantan, o Instituto não oficializou a submissão de uso emergencial. A reunião de pré-submissão é feita, a critério da empresa/instituição, antes do pedido formal de registro ou da autorização de uso emergencial”, explica o comunicado.


 

0 0 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments