USP e Marinha do Brasil se preparam para produzir ventiladores pulmonares de baixíssimo custo

Aparelho foi registrado com licença open source, que permite a qualquer pessoa ou empresa acessar o protocolo de manufatura e fabricá-lo, bastando, para tanto, obter uma autorização da Anvisa.

A Universidade de São Paulo (USP) e a Marinha do Brasil se uniram para produzir ventiladores pulmonares.

Os equipamentos serão fundamentais para pacientes graves contaminados pelo vírus chinês.

Batizado de “Inspire”, o respirador custa 15 vezes menos que a média de preços no mercado e pode ficar pronto em menos de duas horas.

Segundo comunicado da USP, os testes de produção para o primeiro lote serão iniciados “nos próximos dias” e deverão ser distribuídos em até duas semanas.

A expectativa é de que 25 a 50 respiradores sejam produzidos por dia, mas o número poderá aumentar conforme a demanda nacional.

O aparelho já foi testado [a aprovado] em pacientes no Instituto do Coração [Incor], Hospital das Clínicas.

Testes foram realizados seguindo as orientações da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa, com a coordenação de José Otávio Auler Junior, professor da Faculdade de Medicina.

“Não houve nenhuma intercorrência com os pacientes ventilados pelo Inspire”, disse a Poli-USP em nota à imprensa.

Nos próximos passos, os documentos serão enviados aos órgãos competentes, inclusive à ANVISA.


fontes:

jornal.usp.br/institucional/usp-e-marinha-do-brasil-se-preparam-para-produzir-ventiladores-pulmonares/

poli.usp.br/noticias/destaque-home/20115-pesquisadores-da-poli-usp-desenvolvem-ventilador-pulmonar-para-enfrentar-crise-do-covid-19.html


 

 

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com