Vereador que bateu na esposa com rodo (após perder reeleição) apresenta atestado de “Estresse Agudo”

25/11/2020
foto: G1 reprodução

Cidadão fazia parte Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara

(Onda Poços) O vereador de Poços de Caldas (MG), Pedro Magalhães (ex-PSDB), conhecido como Pedrinho da Zona Sul, apresentou um atestado à Câmara Municipal alegando problemas psiquiátricos.

A informação foi confirmada ao jornalismo da Onda Poços pelo presidente da Câmara, vereador Carlos Roberto de Oliveira Costa:

“Ele nos apresentou um atestado, assinado por um médico, alegando que está com Transtorno de Estresse Agudo. Diante disso, a Câmara deferiu o afastamento do vereador pelo período de 30 dias, sendo 15 remunerados pelo poder legislativo e 15 pelo INSS, seguindo os princípios trabalhistas”, informou o presidente.

Pedro é acusado de ter agredido a esposa no último domingo, 22.

O motivo das agressões, segundo a Polícia Civil, seria que o vereador teria culpado a esposa por não ter sido reeleito.

Segundo a delegada Juliane Emiko Hissanaga Quaggio, responsável pelo inquérito que investiga o caso, o parlamentar foi intimado e deve prestar depoimento na tarde desta quarta-feira (25).

“O inquérito segue, com depoimento do acusado marcado para esta quarta. Nós ainda não tivemos acesso ao atestado, mas assim que for apresentado, o resultado será analisado, inclusive, por um perito. Seguimos todos os trâmites normalmente para posteriormente concluir o inquérito e encaminhá-lo ao judiciário”, explicou a delegada.

O caso

(G1) A esposa de um vereador precisou ir para o hospital no fim de semana em Poços de Caldas (MG) após chamar a polícia e dizer que foi agredida por ele.

O motivo das agressões, segundo a polícia, seria que o vereador teria culpado a esposa por não ter sido reeleito.

Segundo relato da Polícia Militar, a mulher contou que sempre é assediada moralmente pelo marido e que, inconformado por ter perdido nas eleições, a agrediu com um rodo de cozinha.

Após as agressões, ele saiu de casa, tomando rumo ignorado.

A mulher foi encaminhada ao Hospital Margarita Morales, onde foi constatada lesões no braço esquerdo e na região lombar. O vereador não chegou a ser detido.

 

0 0 votes
Article Rating

Deixe um comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments