Voluntários da vacina Pfizer dizem que “sentiram como se estivessem sofrendo uma forte ressaca”

Voluntário da vacina Pfizer Glenn Deshields (imagem: facebook)

Voluntários que receberam a vacina Pfizer contra o coronavírus durante os testes dizem tiveram uma sensação de “forte ressaca”, de acordo com relatórios.

As mais de 43.500 pessoas em seis países que participaram dos testes da fase 3 da gigante farmacêutica nunca foram informadas se foram injetadas com a vacina ou com um placebo nos testes duplo-cegos.

Alguns disseram que sabiam que tinham a droga por causa de dores de cabeça, febre e dores musculares que foram comparadas com a vacina contra a gripe.

O texano Glenn Deshields, 44, disse que seus sintomas de “forte ressaca” logo desapareceram – e mais tarde ele fez um teste de anticorpos que deu positivo.

Ele relatou que estava “muito animado” com a notícia de que os testes mostraram que a vacina era 90% eficaz – e comparou isso com o fim de uma guerra.

“Na minha mente, me senti aliviado e pensei … graças a Deus, isso vai acabar em algum momento. ”

Outra voluntária, que deu apenas seu primeiro nome (Carrie) disse que teve dores de cabeça, febre e dores por todo o corpo após a primeira injeção – os sintomas foram ainda mais graves após a segunda injeção, explicou.

A moça de 45 anos do Missouri disse que participar dos testes era seu “dever cívico”:

“Há tantas pessoas que tiveram e sofreram. O pensamento de que eu poderia fazer algo para impedir que outras famílias sofram com isso e percam entes queridos foi um fator determinante para mim. Não quero que mais ninguém fique doente ”, disse a voluntária.

 

publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com