Xi ameaça os EUA: “Se nos isolarem, poderá haver confronto armado e iremos para um beco sem saída”

Edson Jorge Silveira | 26/01/2021 | 9:08 PM | INTERNACIONAL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O esforço dos EUA para reunir o mundo contra a China corre o risco de deflagrar uma “nova Guerra Fria”, advertiu o presidente chinês Xi Jinping na segunda-feira (25) em seus comentários mais impressionantes até agora sobre a crescente luta pelo poder que se desenrola entre Washington e Pequim .

Em um discurso no Fórum Econômico Mundial de Davos, Suíça, Xi parecia mirar diretamente no presidente Biden, que ganhou as manchetes ao expressar o desejo de convocar uma cúpula internacional das democracias durante seu primeiro ano de mandato para cultivar uma frente contra regimes autoritários, como o da China .

Xi Jinping , que se dirigiu aos líderes mundiais por vídeo, advertiu que tais esforços levarão à divisão econômica e podem abrir caminho para o conflito armado – comentários duros em meio à incerteza sobre como o governo Biden planeja prosseguir com a política dos EUA em relação à China.

O líder chinês também declarou que o Partido Comunista Chinês (PCC) pretende tratar qualquer impulso liderado pelos EUA para isolar a China como um ataque abertamente hostil.

“Construir pequenos círculos ou iniciar uma nova Guerra Fria, rejeitar, ameaçar ou intimidar os outros, impor deliberadamente dissociação, interrupções no fornecimento ou sanções e criar isolamento ou estranhamento só vai levar o mundo à divisão e até ao confronto”, declarou Xi.

 

“Não podemos enfrentar desafios comuns em um mundo dividido, e o confronto nos levará a um beco sem saída”,

disse o presidente comunista, de acordo com informações do jornal chinês Global Times.

 

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.