Youtube apaga críticas ao Partido Comunista da China e alega ‘falha no software’

(Bloomberg) O YouTube tem excluído comentários críticos ao Partido Comunista da China devido a uma falha de software, informou a empresa nesta segunda-feira em resposta às críticas à prática.

Usuários da gigante de vídeos online, uma divisão do Google, da Alphabet Inc. , sinalizaram que certos comentários postados abaixo de vídeos críticos ao PCC foram rapidamente excluídos.

“Isso parece ser um erro em nossos sistemas de fiscalização e estamos investigando”, disse um porta-voz do YouTube em um email.

O porta-voz disse que o problema não foi resultado de uma mudança de política.

Alguns comentários, publicados no idioma chinês, como “bandido comunista” e “partido de 50 centavos”, um termo depreciativo para o partido no poder, foram excluídos logo após serem postados.

Os filtros automáticos do YouTube eliminam comentários que violam as políticas da empresa.


publicidade


PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com