Zé de Abreu ‘cospe’ em Regina Duarte

Amanda Nunes Brückner | 17/10/2018 | 5:47 AM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Petista declarado, o ator José de Abreu foi ao Twitter atacar uma das atrizes mais consagradas do país.

Ele disparou uma série de ataques desnecessários a Regina Duarte depois que ela declarou seu apoio a Jair Bolsonaro.

Agressivo, destemperado e fanático, o socialista que mora em Paris e vive desfrutando do capitalismo opressor, é conhecido no meio digital pelo apelido de ‘lhama’ … que é um mamífero ruminante da América do Sul, da família dos camelídeos, que costuma cuspir quando se sente ameaçado.

As críticas que o ator teceu à colega de trabalho demonstram claramente que, quando Zé se irrita, ele cospe imediatamente:

“Respeitei a posição de @reginaduarte enquanto ela apoiava a direita democrática com [José] Serra, [Geraldo] Alckmin, FHC, [João] Doria. Quando apoiou o impeachment. Mas não respeito artista que apoia fascista. Sei que você é meio esquecida, não consegue decorar texto há muitos anos (inaugurou o uso de ponto eletrônico para atores na Globo), mas ‘dar um Google’ evitaria de você passar fake news do fascista que você apoia”.


Zé e a Lei Rouanet

Em 2017, o petista teve problemas na prestação de contas da Lei Rouanet, segundo registrou a Folha de S. Paulo:

O Ministério da Cultura (MinC) reprovou a prestação de contas de um projeto do ator José de Abreu e determinou a devolução de R$ 127 mil dos R$ 299 mil que haviam sido captados pela Lei Rouanet.

O projeto já havia tido a prestação de contas reprovada em novembro de 2016. Em abril deste ano, após recurso, o Ministério voltou atrás e aprovou as contas. A autoria do projeto —uma turnê de um espetáculo do ator em 2005— é de Camila Paola Mosquella, sua ex-mulher.

Após a aprovação, deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) solicitou explicações do MinC. Ele afirma que encontrou notas “frias” na prestação de contas e que detectou erros em nove pontos, que informou ao Ministério.

O deputado diz que havia notas fiscais de estabelecimentos diferentes, mas preenchidas com a mesma caligrafia, e que um assessor foi aos endereços de algumas das empresas e encontrou “lojas abandonadas há muitos anos”.


Ataques a Sérgio Moro

Em setembro de 2017, o filhote de ditadura postou três mensagens agressivas contra um grupo de atores que foram até Curitiba para apoiar as Operações da Polícia Federal, o juíz Sérgio Moro e também o Ministério Público.

Cerca de oitenta artistas foram representados por Suzana Vieira, Luana Piovani, Lucinha Lins, Vitor Fasano e Jorge Pontual.

Abreu ficou sabendo do episódio e não poupou ninguém.

O ator chegou a chamar seus colegas de ofício de  “atores sem cérebro”


abreubabaca


Cuspe no restaurante

Em 2016, mais um episódio vergonhoso da ‘lhama’ petista.

Abreu jantava num restaurante em SP quando um casal da mesa ao lado (segundo versão dele) declarou que a “bolsa de sua esposa teria sido comprada com o dinheiro do povo através da lei Rouanet“.

Ele declarou:

”Pensei em derrubar as mesas que estavam por perto, mas “consegui me segurar” contou.

Ele se segurou, mas cuspiu … rsrs

Durante uma participação no quadro “Arquivo Confidencial” (Domingão do Faustão), o ator disse que não se arrependeu de ter cuspido no casal.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.